Monthly Archives: June 2016

Será que meu filho precisa de óculos?

A gente já falou aqui nos cuidados para se comprar uma armação para uma criança, mas antes disso tem um passo importante: como saber se seu filho precisa de óculos?

As crianças pequenas muitas vezes não conseguem verbalizar que estão tendo alguma dificuldade, então é preciso prestar atenção nos comportamentos que elas apresentam para que seja possível detectar algum problema. A visão de uma criança só termina seu desenvolvimento com 10 anos, então problemas percebidos com antecedência podem aumentar as chances de melhora no quadro de uma eventual doença. É recomendado que até os 10 anos de idade, a criança faça uma visita ao oftalmologista anualmente.

por Marilia Freitas

Quais são os sinais mais comuns?

Um dos comportamentos mais comuns é a dor de cabeça. Principalmente quando é localizada na testa e aparece durante a aula ou o dever de casa. Durante a lição de casa pode também ser percebido se a criança aperta os olhos para ler, ou tapa um dos olhos com a mão para usar o “olho bom” ou utiliza o dedo como guia para ler, todos sinais de que há algo de errado com a visão. Quem nunca levou bronca por sentar perto demais da Televisão? Pois é, esse pode ser um sintoma de miopia. Preste atenção se esse comportamento se repete com livros ou jogos portáteis. Andar com a cabeça baixa também pode indicar que a criança está com dificuldades de se equilibrar, causado possivelmente por estrabismo que duplica a visão.

É consenso da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (SPOB) que o primeiro exame de visão é o Teste do Olhinho, que deve ser realizado pelo pediatra ainda na maternidade. A cada 6 meses durante os dois primeiros anos de idade é preciso realizar exames oftalmológicos completos, com dilatação das pupilas. Se seu filho não apresentou nenhum sintoma ou comportamento irregular, um exame anual basta até que ele complete o desenvolvimento da visão, até os 10 anos de idade.

por Marilia Freitas

Acesse o site da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (SBOP) para mais informações e contatos de médicos na sua cidade: http://www.sbop.com.br/webforms/default.aspx

 

Referência

http://blogs.estadao.com.br/simone-iwasso/tag/visao/

Tendências para o Inverno – Masculino

A temporada de moda começou em Milão e os desfiles mostraram as novas tendências para o próximo ano. Ainda em alta, desde o último verão, os  óculos redondos estão aparecendo também para o guarda-roupa masculino. A marca italiana Dolce & Gabbana foi a que mais apresentou para o público opções de armações redondas. Os modelos em metal, remetem os óculos famosos da década de 70, usados pelo Beatle John Lennon, porém com a lente espelhada prata. A marca também mostrou na passarela dois exemplos de óculos de grau, com acetato tartaruga e pequenos, lembrando os modelos vitorianos. A Emporio Armani também desfilou modelos redondos, mas com uma armação mais próxima dos modelo aviadores, de metal, com a ponte vazada e de lentes cinzas.

É só clicar nas imagens que elas ficam gigantes!

Redondos

Óculos de formato redondo

A marca também mostrou aviadores, sempre mais arredondados, mostrando que a tendência não exibe sinais de passar tão cedo. A Prada apresentou uma proposta diferente, fugiu das cores cinza, e foi com cores mais quentes. As armações aviador, de lentes amareladas e marrons, são exuberantes e elegantes.

aviador

Modelos aviador

Os óculos quadrados também apareceram nos desfiles, principalmente pela Salvatore Ferragamo que desfilou modelos grandes, com acetatos grossos, em tartaruga e preto para acompanhar a coleção de tons de cinza, azul marinho e marrom. A primeira linha da Armani seguiu com os modelos redondos, e fez do óculos um acessório complementar no desfile, com vários modelos diferentes. Em sua grande maioria, seguindo a temporada, em formatos redondos, tanto pra grau quanto pra solares. A marca sempre desfila modelos clássicos e elegantes, e não foi diferente esta temporada.

quadrado

Modelos quadrados

 

 

Combinando Cores

O mercado de óculos oferece uma infinidade de cores de armações. De neon ao transparente, pode ficar difícil escolher a cor certa. Parear a cor da armação com a cor dos cabelos e dos olhos pode ser uma boa opção para quem quer destacar essas características.

Vamos começar pelas cores de cabelo:

brancos

Cabelos brancos ou grisalhos

Para cabelos brancos e grisalhos, opte por cores como o transparente, para um look mais moderno, preto e os tons de vermelho (do escuro até o mais vibrante).

loiro-quente

Cabelos loiros quente

Para loiros com tons mais quentes, com visual mais amarelo, as cores pêssego, rosa, marrom escuro e tartarugas de mescla escura fazem as melhores composições;

loiro-frio

Cabelos loiros frios

Loiros frios, com tons acinzentados, são valorizados com marrons quentes, azuis escuros e rosa;

  

preto

Cabelos pretos ou bem escuros

Cabelos pretos pareiam bem com armações também pretas grossas, tons de verde, e azuis vibrantes;

ruiva

Cabelos Ruivos

Quem tem cabelos vermelhos, as cores verde, creme, preto e tartarugas com mesclas claras complementam melhor o look;

 

Para quem quer destacar a cor dos olhos

 

o-castanho

Olhos castanhos

Para ressaltar os olhos castanhos, escolha armações verdes escuras, tons de oliva e marrons claros (ou âmbar);

o-mel

Olhos cor de mel

Os olhos de cor mel ganham vida quando pareado com verdes escuros, cinzas, âmbar ou mesclados dessas cores;

o-verde

Olhos verdes

Armações de cor dourada, marrom e roxo são belos complementos para os olhos verdes;

 

 

o-azul

Olhos azuis

Cores como fendi (marrom acinzentado), vermelho e azul escuro realçam a cor azul dos olhos.

Vitrine

O destaque da semana: Clubmaster Dobrável

O Clubmaster já é um dos óculos mais populares vendidos pela Ray Ban. Muito bonito, com um design que consegue ser moderno e retrô ao mesmo tempo, ele é o óculos quase perfeito. Até chegar a versão dobrável! O Clubmaster dobrável é portátil, resistente e muito bonito. Fechado, ele ocupa mesmo espaço de um porta moedas, aberto, possui dobradiças firmes que o mantém na posição correta.

Clubmaster dobrável completamente aberto

 

Com as hastes parcialmente fechadas

 

A Carolina Herrera também está com armações lindas!

Carolina Herrera VHE-632

ch02

Carolina Herrera SHE-537

A marca Police  tem armações com detalhes diferenciados, como a lente semi-espelhada. Confira:

Pol1

Óculos Police: 1948-C e 8958-C

Gostou de algum? Visite nossa loja hoje mesmo e prove no seu rosto!

Lendo Sua Receita

Às vezes pode ser difícil entender o que o médico nos receita, tanto pela infame “letra de médico” quanto pelo fato de que a receita para óculos muitas vezes só conta com números e símbolos. Para facilitar e dar um melhor entendimento, vamos explicar um pouco sobre o que as receitas para óculos.

Primeiro sobre o formato. Muitos oftalmologistas utilizam um bloco de receitas que já vem com a grade. Que terá um formado como este:

receita_00

Vamos começar por entendendo o que cada campo da tabela significa.

receita_01

O campo em azul indica aonde serão inseridas as informações de esférico, que determina a força do seu grau. Geralmente, mas não exclusivamente, os graus negativos  indicados com o sinal ‘-‘ antes do número) indicam a dificuldade para enxergar de longe e as positivas (indicadas com o sinal ‘+’ antes do número.

receita_02

O cilíndrico informa a força do seu astigmatismo. Se não estiver preenchido, ele apenas indica que você não tem astigmatismo.

receita_03

Neste campo é definido o Eixo, que descreve o meridiano das lentes que contem valor cilíndrico. O eixo é definido com um grau entre 1 e 180.

receita_04

O DP, ou distância pupilar, é uma medida necessária para se montar lentes multi-focais e progressivas e geralmente são medidas na própria ótica por um profissional.

É possível que o seu oftalmologista irá escrever a receita à mão, sem o formato da tabela, que deve seguir o seguinte modelo:

 

receita_05

Nesse segundo exemplo temos a prescrição descrita fora da tabela, mas segue a mesma ordem de informação. Primeiro se estabelece qual olho, direito ou esquerdo, seguido do valor numérico do esférico e o valor do cilíndrico entre parênteses.

Outra variável é quando existem graus para perto e para longe. O seu médico pode receitar para longe como o primeiro exemplo ou ele pode colocar apenas “adicionar +[número]”, pois é possível estabelecer o grau para perto a partir do grau para longe.

receita_06

Esperamos ter esclarecido algumas dúvidas sobre a receita de óculos. Sempre que você trouxer sua receita para a Ótica da Penha, irá receber um atendimento personalizado e nossos balconistas estão preparados para responder toda e qualquer dúvida que você tiver, não hesite em perguntar!