Monthly Archives: September 2016

Ray Charles – Da adversidade ao Sucesso

ray-charles

Hoje é o dia do aniversário de um dos músicos mais talentosos e memoráveis do século XX: Ray Charles Robinsons, nasceu em 23 de setembro de 1930 na cidade de Greenville na Florida. Ele começou a mostrar interesse pela música ainda muito jovem, com 3 anos em um café local, encantou-se com o pianista Mr. Wylie que tocava no Pitman’s Red Wing Café. O pianista passou a ser seu professor e o café se tornou sua segunda casa. Em um fatal e infeliz acidente, seu irmão mais novo afogou-se deixando um grande trauma no músico. Com quatro anos, Ray Charles começou a perder a visão e aos sete já não via mais. Acreditava-se que o trauma foi o gatilho do processo de cegueira, mas tudo indica que o a perda de visão foi conseqüência de glaucoma. O glaucoma é uma doença crônica causada por uma lesão no nervo óptico, conseqüência de uma alta pressão ocular. Sem cura, ele pode ser controlado com o tratamento correto contínuo. Como 80% dos casos não apresentam sintomas, é provável que Ray Charles nunca tenha percebido o problema até começar a perder a visão. Ele estava no grupo de risco por ser afro-americano: a doença aparece com maior freqüência entre negros, acima de 40 anos, usuários crônicos de colírios e portadores de doenças sistêmicas. A prevenção se dá desde o nascimento, principalmente se o histórico da família apresenta casos de glaucoma.

Sabendo que iria perder a visão, Ray Charles foi ensinado pela mãe como reconhecer padrões e como achar coisas sem a ajuda da visão. Esse preparo desde cedo foi tão importante que, adulto, o cantor chegou a declarar que a perda da visão não era um problema em sua vida. Além da música, também era um excelente jogador de xadrez, utilizava um tabuleiro especial com peças que se encaixavam nas casas, e chegou a jogar partidas com o também músico Willie Nelson e o vencedor nacional americano de xadrez Larry Evans. Não gostava de bengalas ou cães guia, somente necessitando de ajuda eventualmente nos palcos.

Sua história é de grande inspiração, principalmente para quem imagina que a cegueira não pode ser contornada. O músico não só era um excelente pianista, compositor e cantor, mas se tornou uma referência da música influenciando nomes como Elvis Presley, Steve Wonder e até a banda de rock progressivo inglesa Pink Floyd. Feliz aniversário e obrigada por tudo, Ray Charles!

Mais informações sobre glaucoma visite : http://www.cbo.net.br/novo/publico-geral/tudosobreoglaucoma.php

 

 

Inspirações – NY Fashion Week Verão 2017

Aberta a temporada de moda em Nova Iorque e as coleções primavera/verão vem recheadas de modelos criativos e cores deslumbrantes. Como sempre, nós ficamos de olho nos óculos desfilados. Hoje separamos as armações que foram destaque nos desfiles da DKNY e Jeremy Scott. Lembrando que é só clicar nas imagens para vê-las maiores!DKNY

 

Conhecida por modelos modernos e urbanos, a marca fundada por Donna Karan, desfilou óculos que seguem a forte tendência de lentes arredondadas e acetatos grandes e imponentes.

Sempre em tons neutros, as armações variam do preto, ao transparente matte e um marrom quente, beirando o terracota. São óculos que facilmente podem ser adaptados para o uso do dia a dia e trazem muito estilo sem ferir a praticidade. JRMYSCTT

 

O verdadeiro oposto de prático, a coleção apresentada pelo Jeremy Scott é divertida e colorida, como é já de se esperar do estilista. Claramente inspirada na New Wave anos 80, os óculos são impactantes, assimétricos, com cores super saturadas e de formatos inusitados. Sempre fazendo contraste com preto, as cores vermelho rosa e branco brilharam nas armações. Para quem curte um look retrô e impactante, são paefeitas! Para quem prefere manter a discrição, é possível adaptar essas tendências investindo em um modelo com as cores parecidas, ou com detalhes nessas cores.

 

Protegendo os olhos da Luz Azul

bluelight2

Os grandes avanços tecnológicos dos últimos 20 anos fizeram dos aparelho eletrônicos presenças recorrentes no nosso dia-a-dia. Quando não estamos lendo mensagens no celular, estamos trabalhando diante monitores, lendo em tablets e assistindo TV no final do dia. Passamos metade do nosso dia com as luzes desses aparelhos sendo recebidas pelos nossos olhos e essa exposição pode gerar grandes problemas. Todo equipamento eletrônico com telas brilhantes, emite uma luz azul que desgasta os olhos, causando olho seco, degeneração macular (pequena área da retina que quando afetada causa embaçamento da vista), fadiga, dores de cabeça e está vinculado também com a perda do sono. Para se reduzirem os efeitos, faça o acompanhamento médico com seu oftalmologista, com visitas regulares e procure dar pausas, de pelo menos cinco minutos para cada hora de exposição a telas. Junto com essas pequenas atitudes, use também da tecnologia para contornar esse problema. Foi desenvolvido um tratameoffice-620822_960_720nto nas lentes que filtra essa luz azul e protege os olhos. Ele funciona como os filtros anti UV/UVB e protege também desses raios.

Nós aqui na Ótica da Penha trabalhamos com muitas marcas de lente que oferecem esse tratamento; Para maiores informações entre no site da Crizal e da Hoya.

Dê uma passada na Loja e converse com nossas balconistas sobre esse tratamento para seu próximo par de óculos!